terça-feira, 7 de março de 2017

Mastigar e ensalivar bem porquê?

Mastigar e ensalivar bem porquê?
“Se a Terra é nossa mãe, os grãos, quando completamente mastigados, são nosso leite materno”
Françoise Rivière
Na rúbrica de hoje na Rádio do Concelho de Mafra recordei a importância da boa mastigação e da ensalivação. Digo recordei, porque todos aprendemos na escola esta necessidade básica, mas a correria da vida e o excesso de estímulos nos fazem literalmente atropelá-la.
A atitude que temos ao comer, ou seja, a mastigação e a ensalivação é tão vital como os alimentos que escolhemos para comer.
Os orientais consideram que a saliva é um líquido fortemente carregado com energia electromagnética e que tem propriedades curativas, pelo que devemos fazer um esforço para ensalivar bem os alimentos ingeridos.
Sim, uma boa digestão começa com a mastigação.
 Na realidade, o processo da digestão dá os seus primeiros passos quando começamos a ver e a cheirar os alimentos, daí a expressão popular “comemos com os olhos”.
 Quando os colocamos na boca, por acção da saliva e da enzima  ptialina, começamos a desdobrar os hidratos de carbono complexos em hidratos de carbono mais simples. E quem mastiga mesmo bem, apercebe-se que alimentos como a cebola, cenoura ou arroz, se tornam cada vez mais doces. (O que confirma a questão que eu falo sempre, que os cereais e legumes são os açúcares complexos que verdadeiramente precisamos). Em seguida, os alimentos são digeridos no estômago, onde as proteínas começam a ser desdobradas em aminoácidos, por acção da pepsina e do ácido clorídrico. Posteriormente no duodeno, por acção dos sucos pancreáticos e biliares digerimos as gorduras e na fase final da digestão, no intestino delgado, finalizamos a digestão dos diferentes nutrientes.
Uma mastigação e ensalivação cuidadas trazem enormes benefícios Vitalizantes para a saúde, para além da melhoria da digestão (um problema tão atual):
- Redução do volume de alimento necessário - obtemos o máximo de nutrição a partir de uma quantidade menor de alimento, diminuindo o apetite, contribuindo para o desinchaço do estomago e redução de peso;
- Maior calma e relaxamento - Mastigar bem é um dos melhores tratamentos anti-stress existentes;
- Clareza de pensamento e raciocínio Se respirarmos adequadamente quando mastigamos, o cérebro é mais irrigado com oxigénio e consequentemente pensamos de uma forma mais clara. Esta questão é confirmada na língua japonesa, com a palavra “mastigação” que significa "boa compreensão";
- Menos desejo de comer açúcar e doces em geral – Como já falei anteriormente, ao desdobrarmos convenientemente os açúcares complexos em açúcares simples, sentimos menos vontade de comer doces e sobremesas;
- Criação de uma condição mais alcalina no corpo - . A saliva é um líquido fortemente alcalino que quando bem misturada com a comida contribui para um ph mais alcalino, um corpo saudável e Vitalziante. (Uma alimentação baseada em produtos animais e açúcares simples tende a criar uma condição mais ácida);
 -Dentes e gengivas mais fortes – A boa mastigação, o bom uso dos dentes, origina a uma condição mais alcalina na boca contribuindo para a saúde das gengivas e dos dentes;
- Maior capacidade de auto-cura - Pessoas que mastigam bem têm uma muito maior capacidade de recuperar de problemas de saúde.
Mastigar pelo menos 30 vezes cada garfada e pousar os talheres entre cada garfada; de forma a estimular bem os dentes e gengivas e ter uma boa digestão mastigar duma forma espirálica, utilizando todos os dentes.
É de salientar que para uma boa e Vitalizante mastigação há que comer com calma, sentado, com a coluna direita e descontraído, respirar profundamente evitando estímulos externos como a televisão, o telemóvel, etc. A bem dizer, o momento da refeição é aquele momento que devemos dedicar a nós, como uma meditação ou que aproveitamos para estar com os nossos ente-queridos.

Uma caminhada de dez minutos depois das refeições, também nos ajuda bastante na digestão e na revitalização do nosso corpo.
Estas práticas que na maioria das vezes são ignoradas por diversas razões da nossa sociedade actual, são um investimento Vitalizante na nossa saúde pois quem  se dispuser a gastar mais tempo a comer e a mastigar melhor, receberá inúmeros benefícios no seu bem estar físico e clareza mental e terá muito mais energia para enfrentar os desafios da vida.
Bom e Vitalizante apetite
Paula Perdigão



terça-feira, 8 de março de 2016

Dia da MULHER do século XXI


Neste dia agradeço a todas as mulheres que até aqui lutaram pelos nossos direitos.
Às que queimaram soutiens na rua, às que foram parar aos manicómios, às que foram torturadas e às que morreram.
Mas hoje, depois de no mundo ocidental já termos conquistado o que conquistámos, desafia-vos a pararem para questionar até que ponto é que estamos bem nesta dita IGUALDADE DO GÉNERO, nos modos em que ela se apresenta.
Para além da verdadeira necessidade de muitas mulheres, eu pergunto se hoje temos o direito de ir trabalhar fora de casa ou se somos socialmente  “obrigadas a fazê-lo” para nos mostrarmos modernas e inteligentes?
Se trabalhamos uma jornada inteira fora de casa em que condições é que esta fica ou entregue a quem?
E principalmente os nossos FILHOS?
Todas as manhãs, antes das 8h, uma criança pequena passa pela minha janela a chorar com sono e frio. Quantas horas será que ela fica fora de casa para a mãe poder ir trabalhar?
Nos países nórdicos as mães chegam a ter mais de um ano de licença de maternidade e a grande maioria quando volta a trabalhar é em meio tempo ou trabalha a partir de casa.
E como está a saúde destas mulheres que trabalham em jornada dupla de trabalho/casa?
E a saúde da sua família?
Senão vejamos: O ataque cardíaco passou a figurar nas doenças também da mulher;
carecas, ou com cabelo muito fraco cada vez mais se vê na rua e por aí vai…
O resto da família também não vai muito bem pois que apesar de todos os avanços da medicina, da qualidade de vida e de vivermos cada vez mais anos de vida, cada vez há mais pessoas doentes com cancros, com doenças mentais, diabetes, etc
Se especificar as crianças estas já têm doenças ditas de adultos como a diabetes, tensão alta, excesso de peso, depressão…
Como se vê nas notícias, os Hospitais estão lotados de doentes, de sofrimento.
Temos de um gasto imenso com medicamentos e novas tecnologias para combater a doença, não para termos saúde.
Daí que eu PARO e me pergunto:
Será que estamos no bom caminho?
Será que estamos mesmo a valorizar quem se sacrificou para termos os direitos que temos hoje?
Será que não estamos a exagerar?
Será que não somos mais uma vez vítimas de interesses como os das multinacionais que precisam de pessoas que ganhem salários para consumirem tecnologia, roupas, fast-food remédios?…
Será que não estamos a desprezar um BEM BÁSICO que é a alimentação bem elaborada em casa, com o carinho da mãe que pela sua natureza gera, amamenta e alimenta?
Será que neste momento da GLOBALIZAÇÃO somos mesmo livres de sermos o que queremos ser, ou somos roboticamente o que eles querem que nós sejemos?
Estas são alguns dos questionamentos que me faço constantemente.

E tu MULHER do século XXI, que questionas sobre a tua existência e a tua suposta liberdade de escolha?

Saudações Vitalizantes
Palucha

sábado, 15 de agosto de 2015

Gostas de cozinhar ao vapor?

No meu site Culinária Vitalizante Educativa, abri a Secção de dúvidas e dicas, o primeiro post é dedicado ao cozimento de legumes ao vapor, confirma:

domingo, 13 de julho de 2014

Passatempo "Vamos de Férias com La Gondola"



Amigos, estamos em plena época de férias, em que procuramos relaxar e saborear refeições saudáveis mas mais prática por isso aqui vai mais um magnífico passatempo das Conservas La gondola:

Em parceria com a La Gondola, os blogues Nárwen's Cuisine, Cinco Sentidos na Cozinha, Prato Caseiro, Culinária Vitalizante e Educativa, As Receitas da Belinha Gulosa e Zélinha, têm um magnífico prémio que consiste nas novas variedades de conservas da marca.

Não perca tempo, e habilite-se a este fantástico prémio gourmet que vai "abrilhantar" as sua férias!

Para se habilitar ao prémio, deve:

1. Partilhar o post  no face  em modo público, no seu mural https://www.facebook.com/223602754318034/photos/a.607625319249107.1073741825.223602754318034/855323247812645/?type=1

2. Deixar comentário no post original do passatempo no facebook, dizendo PARTILHADO

3. Gostar das seguintes páginas de facebook :

- La Gondola
https://www.facebook.com/ConservasLaGondola

- Nárwen's Cuisine
https://www.facebook.com/pages/Nárwens-Cuisine/223602754318034?fref=ts

- Cinco Sentidos na Cozinha
https://www.facebook.com/pages/Cinco-Sentidos-na-Cozinha/201585633214445?fref=ts

- Prato Caseiro
https://www.facebook.com/pages/Prato-caseiro/272226739560444?fref=ts

- Culinária Vitalizante e Educativa
https://www.facebook.com/culinariavitalizanteeducativa?fref=ts

- Zélinha
https://www.facebook.com/gisela.deodato?ref=hl

- Receitas da Belinha Gulosa
https://www.facebook.com/pages/Receitinhas-da-belinhagulosa/133695919978440?ref=hl

- Cada pessoa poderá participar uma única vez (se houver mais participações só a primeira será contabilizada);

- O passatempo tem início hoje, dia 12 de Julho, e termina no dia 21 de Julho. O vencedor será eleito via Random.org e anunciado tão breve quanto possível. Posteriormente será contatado para a entrega do prémio.

- O Passatempo é válido apenas para Portugal Continental e Ilhas.

Vamos lá participar e partilhar!!!
Boa sorte!!!

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Sal e Açúcar, efeitos na vida dos nossos filhos

Vamos para a 2ª edição destas palestras
Este evento é patrocinado por Ervanária Helena, com a participação especial Dr. Sérgio Candeias

CONTEÚDOS:

Palestras:
- "Sal e açúcar", a (in)consequência da actual alimentação dos nossos filhos.
Paula Perdigão

- “Antibióticos: prós e contras”, como curar as infecções dos seus filhos sem necessitar de antibióticos. Convidado especial Dr. Sérgio Candeias


Aula Culinária:
Aprender a elaborar e confeccionar os alimentos de forma saudável, vitalizante e educativa! No final da aula haverá degustação.


COM Paula Perdigão
- Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Aberta; licenciada em francês pela Alliance Française; Formada em Macrobiótica pelos institutos: Michio Kushi (Portugal e Suiça) e Princípio Único (Brasil). Paralelamente é membro activa da associação de Intercâmbio Municipal (ASSIM) e da Confraria do Carnaval. Em busca dum estilo de vida mais saudável, independente, artístico e divertido estuda, pratica e ensina a Culinária Vitalizante e Educativa há 25 anos. Procura viver de uma forma saudavelmente global de ecologia interna desde a alimentação, ao exercício físico, à forma positiva de pensar e tudo o mais que possa compor esta globalidade ecológica.

COM Dr. Sérgio Candeias
Naturopata, Mestre em Medicinas Biológico-Naturistas pela Universidade de León


PÚBLICO-ALVO: pais, educadores e todos os que têm interesse em aprender mais sobre a alimentação saudável para crianças.

DATAS E HORÁRIOS:
Palestras: 13 de Maio, terça , 19h-21h
Aula Culinária: 17 de Maio, sábado, 15h-18:30h


PREÇO:
Palestras: GRATUITAS
Aula Culinária: 30 ervilhas

*Desconto para coworkers da Cooperativa Cowork.


**Os participantes devem trazer consigo material para apontamentos e avental (opcional).


Para reservar o seu lugar mande um e-mail para cooperativacowork@gmail.com ou ligue para 261 408 673.
PUBLICAÇÕES

domingo, 4 de maio de 2014

PASSATEMPO Inauguração do Site Culinária Vitalizante e Educativa


Amigos
Finalmente a Culinária Vitalizante e Educativa tem um Site
Agradeço que participem e divulguem


Para a inauguração deste meu novo cantinho convido-te a participar neste passatempo:
O prémio será um à vossa escolha entre:
Um conjunto das minhas delícias: Biscoitos de Alfazema, Biscoitos de Alfarroba, Arroz Pan, Biscoitos Espiralados
Ou
Uma orientação alimentar gratuita presencial ou online
Ou
50% de desconto na aula de Culinária Vitalizante e Educativa

Inscreve-te nas news letters do site e deixa o teu comentário, pode ser mais do que um

Visita a minha página no facebook https://www.facebook.com/culinariavitalizanteeducativa?fref=ts
ou na página do google+ https://plus.google.com/u/0/b/111244220538192126099/111244220538192126099/posts
“gosta” da página, adere e partilha de forma pública a este passatempo que se encontra sob a forma de evento.
Será escolhido o melhor comentário entre as pessoas que tiverem seguido todos estes passos.
Este passatempo terá início no dia 5 de Maio, segunda-feira e termina domingo dia 11 de Maio.





sexta-feira, 25 de abril de 2014

ESFIHA COM PATÉ DE CAVALA LA GONDOLA


A Esfiha é um pastel árabe delicioso, em forma triangular, que aprendi no Brasil
com D. Bernadette.


Na verdade, a Esfiha pode ser elaborada em forma triangular, a denominada Esfiha fechada ou como se fosse uma pequena pizza, a Esfiha a berta.
É fantástica esta partilha de receitas, consequente da variedade de emigrantes no Brasil.
Estamos a começar a sentir esse mesmo processo em Portugal, nos últimos anos temos sidos “invadidos” por novos costumes e receitas deliciosas, inclusive a Esfiha, pelas mãos dos “brasucas”.
Claro que o recheio pode ser o que mais apreciamos.
Esta semana recebi mais uma remessa deliciosa de produtos variados La Gondola, desta vez irei usar o delicioso, fantástico e puro Paté de Cavala La Gondola.
Deixemo-nos de filosofias e voltemos à Esfiha (fechada):
500gr de massa de pão pronta
1 alho francês picado
200gr de couve coração picada
1 colher de sopa de contros picados
1 lata de Paté de Cavala La Gondola
Refogar o alho francês com a couve.
Quando estiver cozido, temperar com shoyu e misturar os coentros e o paté.
Abrir a massa com a ajuda dum rolo, cortar em rodelas de 8cm de diâmetro.
Colocar um pouco de recheio em cada rodela, fechar em forma de triângulo e levar a assar até que a massa fique assada e dourada.

Bom e Vitalizante Apetite
Palucha


terça-feira, 22 de abril de 2014

Hoje é o Dia do Planeta Terra


Este é um dia para nos relembrar da necessidade de adotarmos medidas mais ecologistas, de nos lembrarmos que o aquecimento global existe, que a Terra está muito maltratada   etc, etc e tal.
É também mais uma oportunidade para algumas empresas mascaradas de ecológicas ganharem mais dinheiro.

Claro que estes dias disto, dias daquilo são, ou deveriam ser, para que sejam Lembrados todos os dias sobretudo nas atitudes.
Se estas datas de celebração/alerta são hipocrisia (porque todo o dia é dia) ou se são eficazes, isto é uma controvérsia que aqui não vem ao caso.
Creio que são vários os dias, cimeiras e outros eventos dedicados à ecologia.

 Mas e então quando é o dia do nosso Planeta Interno, da nossa Ecologia Interna?
Sim o dia de lembrarmos que precisamos de cuidar de nós todos dos dias?
Deixo-vos aqui esta questão e um alerta:
Prestem bem atenção ao tipo de alimentos que escolhem todos os dias, que efeitos eles fazem: no seu interior, nos seus rios que podem ser as veias, ou os continentes que podem ser os vossos órgãos, na sua forma de sentir, pensar e de estar.

Procurem ter uma alimentação vitalizante que seja saborosa energética que vos dê saúde de verdade e alegria de viver.
Se este texto te sensibilizou;
Se precisas de ajuda, conta comigo, contata-me!
paluchaperdigao@hotmail.com

domingo, 13 de abril de 2014

Crepes Bio La Gondola




Adoro crepes e não entendo porque são tão caros no comércio em geral pois que os seus ingrediente são tão baratos.
Hoje, acordei com vontade de comer crepes, ou seja decidi fazer crepes para o almoço e aproveitar para vender para as minhas clientes e fãs.
Apetecia-me que eles fossem primaveris, frescos por isso decidi usar alface.
Para ficar mais terapêutico escolhi inhame  (saiba mais em http://conversasnutritivas.blogspot.pt/search?q=inhame).
Mas também me apetecia que fossem “fortes”, apetecia-me uma proteína animal, por isso decidi usar uma conserva, só poderia ser La Gondola, mais especificamente cavala Bio.
Por ultimo a minha intuição levou-me a montá-los como se fossem suchis.

Ingredientes
10 crepes integrais
100 gr de inhame
250gr de cebola em gomos finos
200gr de cenoura em palitos
1 lata de conservas cavala Bio La Gondola
10 folhas de alface lavadas e secas

Cozinhar o inhame com casca numa panela coberto de água em seguida descascá-lo, moê-lo em puré e temperá-lo com shoyu e noz-moscada.
Refogar a cebola com a cenoura, temperar, juntar a conserva de cavala Bio La Gondola e o puré de inhame.
Sobre o crepe colocar o recheio espalhado sobre o mesmo, sobrepor a folha de alface e enrolar de forma delicada e firme.
Dependendo do tamanho do crepe pode-se cortar ao meio ou em mais pedaços, de preferência na diagonal mas de forma a que não desmanche a sua forma.
Estamos agora prontos para nos deliciarmos com um crepe nutritivo, saudável e refrescante.



Bom e Vitalizante Apetite
Palucha






terça-feira, 8 de abril de 2014

Passatempo La Gondola

A fábrica de Conservas La Gondola está a promover um fantástico passatempo no Facebook
Participa, divulga
https://www.facebook.com/223602754318034/photos/a.607625319249107.1073741825.223602754318034/795016103843360/?type=1&theater

domingo, 30 de março de 2014

A (In)consequência da Atual Alimentação dos Nossos Filhos

Mais um evento
Duas palestras gratuitas
Participação especial do Dr Sergio Candeias
Aula de Culinária Vitalizante e Educativa especial para crianças


domingo, 23 de março de 2014

Sanduiche frito La Gondola



Esta é uma deliciosa receita que tanto dá para ser servida englobada num menu, como pode ser servida num lanche, num banquete, onde a vossa imaginação gulosa vos disser.

Ingredientes
Uma massa de pão (mais para o seco)

Recheio
300gr de couve lombardo cortada às tiras
200gr de cebola em palitinhos
1 lata de Cavala em Azeite La Gondola
Óleo para fritar

Quando a massa estiver fermentada devemos amassá-la para lhe retirar os gases.
Abri-la com o rolo da massa com uma espessura de 5mm
Cortar em rodelas de 8cm aproximadamente.
Quando o óleo estiver quente colocar uma rodela que deve inchar como uma bola.
Fritar dos 2 lados.










Recheio
Refogar a couve e a cenoura, temperar cm shoyu e misturar com a cavala.
Abrir a rodela ao meio, rechear e Deliciar-se

Bom e Vitalizante Apetite
Palucha


quinta-feira, 20 de março de 2014

ACARAJÉ LA GONDOLA



O acarajé é um prato tipicamente baiano.
Tenho muitas saudades do aroma a acarajé de S. Salvador da Bahia e de me deliciar com este quitute.
Por isso sempre que posso faço estes bolinhos fritos e recheados.
Mas como portuga que sou, adapto sempre de alguma forma à nossa cultura.
Por isso, desta vez, resolvi adaptar à parceria de La Gondola.
Como o recheio tradicional do acarajé leva pimenta então pensei no Paté de Sardinha Picante La Gondola.
Vamos então à receita:
500gr de feijão-frade demolhado 12 horas
1 cebola grande
2 dentes de alho
Sal, azeite, gengibre em pó
Esfregar um pouco o feijão na água para soltar as cascas.
Num liquidificador ou robot de cozinha bate-se o feijão e depois junta-se as cebola, o alho previamente picados e o resto dos temperos.
Convém bater esta massa durante um certo tempo até aumentar um pouco o seu volume, com uma colher de pau ou mesmo no robot.
Levar a massa a fritar às colheradas até dourar, abre-se como uma sandes e recheia-se.



Recheio:
1 cebola media cortada em gomos finos
2 cenouras medias cortadas em palitos
1 Lata de Paté de Sardinha Picante La Gondola
Refogar a cebola com a cenoura, mistura-se o paté.
Deliciem-se com este quitute brasuca

Bom e Vitalizante Apetite
Palucha















sexta-feira, 14 de março de 2014

PÃO PITA COM SARDINHA LA GONDOLA BIO





Ingredientes
150gr de cebola cortada em gomos finos
150gr de cenoura raldada
1 lata de sardinha La Gondola Bio
3 pão pita

Refogar a cebola e a cenoura, temperar com shoyu e juntar a sardinha
Cortar o pão pita ao meio ficando com 2 meias luas
Rechear o pão e se quiser pode ainda cortar de novo o pão obtendo assim 4 pedaços de cada pão.



Bom e Vitalizante Apetite

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

TARTE DE CEBOLA DE LOMBARDO CENOURA E CAVALA LA GONDOLA



250gr de repolho
250gr de cebola em gomos de 3mm
150gr de cenoura em palitos de 2mm
1 lata de conserva de Cavala La Gondola
Pimenta do reino
Massa  400ml de farinha de trigo integral (com 30% de branca)
1 colher de café de fermipan rasa
2 colheres de sopa de óleo
1 80ml de água morna
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de araruta dissolvida em 100ml de água fria

Misturar a farinha com o fermento, e aos poucos acrescentar a água o sal e o óleo de forma a misturar bem.
Com as mãos e aos poucos misturar melhor e amassar até obter uma massa homogénea.
Colocar a massa a descansar numa caixa de plástico, enrola-la num cobertor e se estiver muito frio colocar um saco de água quente por baixo.
Quando duplicar de tamanho e ao puxá-la apresentar uns fios.
Colocá-la sobre a mesa que está previamente suja de farinha e abre-se a massa como que a rasgando para tirar os gases.
Fazer uma bola, abrir na forma da tarte, colocar dentro da forma e calcar bem.
Rechear, abrir a outra parte da massa para a tampa, sobrepor sobre a tarte, acertar e calcar as pontas. Com uma faca fazer pequenos golpes na massa para assar bem.
Assar inicialmente no mínimo para a massa crescer e passado 20/30mn aumentar para fogo médio por mais 30mn ou quando ficar dourada.

Recheio: Lombardo: desfolhar e cortar os talos em tiras diagonais de 1mm e as folhas em tira de 3mm.
Refogar a cebola até que fique transparente, acrescentar o lombardo, a cenoura, 1 pitada de sal e deixar cozinhar em lume brando. Quando estiver 80% cozido, temperar com shoyu, juntar a cavala, confirmar o tempero, envolver a araruta no cozido e confirmar o tempero. Deixar arrefecer antes de rechear.